Qual é o melhor momento para hidratar o corpo?

A hidratação da pele é uma das recomendações mais repetidas por dermatologistas em seus consultórios. Isso ocorre porque, a pele normal necessita de uma quantidade mínima de hidratação para conseguir exercer sua função de proteção ao organismo.

Dependendo das condições climáticas − como vento, sol, frio intenso e o ar seco, a pele perde seu percentual de hidratação, por meio da evaporação de água.  Substâncias químicas, detergentes e sabões também contribuem para a perda da hidratação, pois afetam o manto lipídico responsável por manter a umidade natural da pele.

Além de ter sua função primordial comprometida – proteger o corpo de microorganismos – a pele desidratada, adquire um aspecto áspero, opaco, sem elasticidade e tende a descamar, ficando mais suscetível às irritações.

O melhor momento para hidratar o corpo é, preferencialmente, logo após o banho já que água quente provoca o ressecamento da pele.  O ideal é evitar banhos quentes muito demorados para não agravar a desidratação e dar preferência ao uso de sabonetes com ação hidratante.

 

Hidratantes para o pós-banho

Qualquer hidratante corporal com formulação eficaz pode ser utilizado depois do banho.

Suas fórmulas especiais possuem ativos capazes de promover uma hidratação profunda, como óleos e manteigas vegetais, ceramidas, ácido hialurônico, ureia, vitamina B5, dentre outros componentes.

É válido enfatizar, porém, que pessoas com pele naturalmente oleosa devem priorizar hidratantes oil free, para evitar uma produção excessiva de sebo e o surgimento de espinhas em áreas como costas e ombros.

Forma correta de aplicação

Para que a pele consiga reter todas as propriedades do hidratante é necessário aplicar corretamente o produto. No pescoço, por exemplo, a “massagem” deve ser feita de baixo para cima na região da papada, e de cima para baixo na região do “colar”, de modo a prevenir rugas e flacidez.

Nos seios, basta colocar uma pequena quantidade de hidrante da ponta dos dedos e fazer movimentos circulares de dentro pra fora. O colo e costas também devem receber pouca concentração de hidratante, já que fazem parte das regiões mais oleosas do corpo.

Os braços e as pernas devem receber uma quantidade generosa do produto, considerando que são áreas mais expostas. Em contrapartida, nos pés, devem ser utilizados cremes pouco oleosos, evitando o suor excessivo e o aspecto “escorregadio”.

Você gostou desse artigo?
[Total: 43    Média: 4.3/5]
Veja mais